Infecções respiratórias, são infecções que afetam as vias aéreas, ou seja,  atingem as narinas, garganta ou ossos da face. Isso porque, esse tipo de infecção geralmente é causado por ações de micro – organismos como por exemplo,  vírus, bactérias e fungos.

A propagação de tais micro-organismos pode ocorrer de diversas formas, como por exemplo: através do ar, da tosse, do espirro, contato com alimentos ou objetos contaminados. Além disso, o contágio pode ocorrer por meio do contato com animais e pelo contato direto com pessoas que possuam algum micro-organismo infeccioso.

Existem duas classificações para as infecções respiratórias. Isto é infecções respiratórias altas e baixas. Posteriormente entenda as características de cada  tipo de infecção respiratória. 

-Infecções respiratórias classificadas como altas tendem a ser mais contagiosas. Principalmente, as infecções originadas por viroses, cuja propagação pode ocorrer por meio da aglomeração de pessoas.

-As infecções respiratórias classificadas como baixas, são caracterizadas por sua ação na região dos brônquios e pulmões.

Agende uma Consulta

Certamente, infecções respiratórias podem ser causadas por diversos motivos. Sendo assim, alguns casos de infecções respiratórias são mais leves que outros. Confira a seguir, alguns exemplos das principais infecções respiratórias existentes. Além disso, descubra como se prevenir dos micro-organismos responsáveis pelo contágio.

 SARS

Síndrome respiratória aguda grave (SARS), é uma das infecções respiratórias de origem viral zoonótica causada pelo Coronavírus SARS.  Seus sintomas são febres, dores de cabeça, calafrios e dores musculares. Além disso, ela pode ser transmitida de pessoa para pessoa. 

 MERS

Síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS). É uma das Infecções respiratórias causada por um dos tipos de vírus da família Coronavírus. Seus sintomas são tosse, febre, falta de ar, diarreia, náuseas e vômito. Sendo assim, ela pode ser transmitida de pessoa para pessoa e por secreções de tosse.

H1N1 

O H1N1, faz parte do grupo de vírus influenza tipo A. Alguns exemplos dos seus  sintomas são:  febre alta, mal-estar, dor de cabeça, espirros e tosse. Posteriormente, sua transmissão é feita por meio de gotículas respiratórias no ar, saliva e pelo toque em uma superfície contaminada. Sendo assim, Ele se multiplica rapidamente.

Resfriado ou Gripe

Este tipo de infecção Respiratória também é causado pelo vírus Influenza e possui como principais sintomas tosse, coriza, obstrução nasal, espirros frequentes. Além disso, em alguns casos pode causar dor no corpo e febre.

Sinusite

Esse tipo de infecção é causada nos ossos da face, provocando dores nesta região, secreção e obstrução nasal e tosse.

Faringite

A Faringite é um tipo de infecção que ocorre na região da garganta. Isso porque, na maioria das vezes é ocasionada por vírus. Sendo assim, seus principais sintomas são dor de garganta e tosse.

Amigdalite

Consiste na infecção das amígdalas causada pela interação frequente com bactérias. É comum a presença de pus na região em casos de amigdalite.

Infecções respiratórias: Bronquite

Esse tipo de infecção afeta diretamente os brônquios, provocando tosse e falta de ar. Além disso, a Bronquite pode originar tanto de quadros alérgicos, quanto por vírus e bactérias.

Infecções respiratórias: Pneumonia

Esse tipo de infecção respiratória afeta a região dos pulmões, provocando produção intensa de secreção, causando tosse, falta de ar e tosse intensa.

Infecções respiratórias: Tuberculose

Este é um exemplo de infecção causada por bactérias na região dos pulmões. Em casos de tuberculose a região afetada apresenta inflamação crônica e o paciente pode apresentar tosse e febre. Além disso, e em alguns casos o paciente pode apresentar perda de peso.

Prevenção e Cuidados

A medicina disponibiliza hoje diversos medicamentos e tratamentos para as mais variadas infecções respiratórias, mas, é importante ressaltar que a melhor forma de lidar com tais infecções é prevenindo-se. Sendo assim, evitar o contágio com os vírus, bactérias e micro-organismos causadores destas doenças é primordial.

Posteriormente, apresentaremos algumas recomendações que devem ser seguidas, a fim de evitar quadros de infecções respiratórias. Acompanhe!

Dr Adalberto Vainchelboim
CRM 79022

Agende uma Consulta

- Dicas de Sucesso -

Mantenha as mãos sempre limpas

Lave as mãos frequentemente com água e sabão. Quando não puder lavá-las (especialmente em espaços públicos), faça a higienização com álcool em gel.

 

Não coloque objetos no nariz ou boca

 Objetos podem ser, facilmente,veículos na transmissão de vírus e bactérias. Evite o contato de objetos com a boca, nariz e olhos

 

Mantenha a vacinação em dia

 A vacina é uma das melhores formas de se proteger contra infecções respiratórias, pois por meio delas o corpo cria anticorpos capazes de combater os micro-organismos infecciosos. Por isso, mantenha sua vacinação em dia.

 

Consulte seu médico regularmente

 Aos primeiros sintomas, consulte seu médico.

Quando identificadas precocemente as infecções respiratórias, podem ser tratadas. Evite a automedicação!

 

Mantenha alimentação saudável 

Uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras que contenham vitaminas e proteínas necessárias ao corpo humano, auxiliam na produção de anticorpos necessários para combater tais vírus e bactérias.

 

Mantenha hidratação regular

Ingerir água regularmente é extremamente importante para que o corpo possa executar suas atividades biológicas naturais e essenciais a saúde do ser humano.

 

ATENÇÃO – o artigo acima não substitui o acompanhamento com médico especializado. 

Veja Também:

Falta de equilíbrio